Sibutramina faz emagrecer de verdade?

sibutramina é um medicamento com principio ativo de cloridrato de sibutramina monohidratado utilizado para emagrecer com efeitos antidepressivos e ansiolíticos.

A sibutramina é um remédio que emagrece pois inibe a recepção da serotonina e noradrenalina, causando a sensação de saciedade durante as refeições e menor consumo pelo organismo.

Atualmente, todas as pessoas estão sempre desejando perder peso em busca do corpo perfeito, e por isso toda essa pressa para atingir o objetivo acaba levando algumas pessoas a tomarem certos medicamentos.

Muitos medicamentos vêm sendo utilizados de maneira errada por aquelas pessoas que querem emagrecer rapidamente sem se importar com a saúde, e a sibutramina é uma substancia muito utilizada em pessoas com obesidade mórbida que não conseguem perder um peso significativo mesmo com atividades físicas e dieta.

Esta substância consegue agir na perda de peso de duas formas, reduzindo a vontade de comer e diminuindo o gasto energético que normalmente está presente durante a perda de peso. Assim, evita a necessidade de alimentos para suprir a fonte de calorias bloqueando neurotransmissores relacionados a sensação de prazer e bem-estar.

As contra-indicações estão ligadas a casos de:

  • Bulimia, anorexia e depressão;
  • Tratamentos com outros inibidores ou antidepressivos;
  • Hipertensão arterial e/ou pulmonar;
  • Doenças coronárias;
  • Hipertiroidismo;
  • Mulheres grávidas ou lactantes

Quando se inicia o tratamento a dose recomendada é de uma capsula de 10mg por dia, sendo ingerida na parte da manhã e caso os efeitos não estejam sendo bons é preciso procurar o medico para que seja aumentada a dose para 15mg.

Para o emagrecimento através da sibutramina é preciso conciliar uma dieta hipocalórica e prática de exercício. Pois em todos os casos de emagrecimento efetivo e duradouro é preciso o consumo do remédio associado a hábitos de reeducação alimentar. Assim, ao emagrecer naturalmente usando sibutramina também é preciso levar em consideração uma mudança de vida, alimentação equilibrada para que se possa manter o peso ideal mesmo quando terminar o tratamento.

Durante o tratamento com sibutramina a pessoa tem o apetite saciado e com isso um impulso para adotar um cardápio diferente, ainda estará sobre os efeitos do sistema nervoso central que o mantem mais relaxado e menos ansioso, o que faz com que as alterações das refeições sejam menos agressivas ao seu humor. Com isso, quando parar de tomar o medicamento a pessoa já estará adaptada ao uma nova rotina.

Entre os efeitos colaterais, os mais comuns são:

  • Boca seca;
  • Náusea;
  • Gosto estranho na boca;
  • Estômago irritado;
  • Constipação;
  • Insônia ou sonolência;
  • Tontura;
  • Dores menstruais, de cabeça e/ou articulações;
  • Elevação da pressão sanguínea.

Algumas informações sobre a sibutramina

Este medicamento é normalmente indicado em diferentes casos como, pacientes com obesidade grau 1, pessoas com o índice de IMC acima de 30Kg com fatores de risco de hipertensão ou diabetes, perdas de peso que são clinicamente indicada e sobrepeso com risco de desenvolvimento de doenças crônicas como a diabetes.

A sibutramina é um dos remédios mais populares utilizados para emagrecer, pois trata de diversos problemas relacionados ao ganho de peso, principalmente em pessoas com obesidade ou sobrepeso que tenham problemas de ansiedade, depressão ou stress. Saiba mais abaixo algumas informações sobre este medicamento.

Como este é um remédio para emagrecimento de forma rápida, durante o tratamento tem pessoas que perdem mais de 6 Kg em menos de uma semana. Mas, a perda mínima deve ser de 2Kg em um mês, ou seja, a sibutramina em media de quatro semanas. E ainda assim, se em quatro semanas o paciente não tiver perdido peso, é preciso que ele procure um médico para avaliar se o aumento da dose pode ser possível levando em consideração os problemas que podem vir a acontecer.

Consulte a bula para informações completas.

Nesse momento começar uma reeducação alimentar é uma ótima ideia. Mesmo assim não são todas as pessoas que podem tomar este medicamento. É preciso antes de tudo definir os efeitos colaterais do remédio para saber se vale a pena o risco.

Com isso, o paciente pode emagrecer no período em que esta com o psicológico mais propicio a aceitar alterações do corpo, principalmente as psicológicas. Não tendo vontade de comer de forma desesperada e fazendo lanches fora de hora.

Assim, como podemos observar a sibutramina é um medicamento indicado para o tratamento do excesso de peso, mas somente para casos de obesidade mórbidos e elevados. Sendo com isso um medicamento de uso controlado que exige receita especifica e assinatura de um termo de responsabilidade do paciente antes do tratamento.

As contra-indicações estão ligadas a casos de:

  • Bulimia, anorexia e depressão;
  • Tratamentos com outros inibidores ou antidepressivos;
  • Hipertensão arterial e/ou pulmonar;
  • Doenças coronárias;
  • Hipertiroidismo;
  • Mulheres grávidas ou lactantes

Nomes comerciais da sibutramina

sibutramina é um medicamento de ação neurológica e, portanto, bebidas alcoólicas não podem ser ingeridas durante o tratamento. Pois, além das reações adversas, o álcool corta o efeito do remédio.

Os nomes comerciais da sibutramina são: Meridia, Reductil, Sibutral, Plenty, Saciette, Biomag e Vazy. E, como já foi dito, pelo genérico: cloridrato de sibutramina monoidratado.

Não esqueça de consultar o seu médico antes de tomar qualquer remédio pra emagrecer!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *