Alimentos termogênicos: veja algumas dicas para seu metabolismo

Os alimentos termogênicos são ótimos para ajudar quem está de dieta

Que tal consumir alimentos naturais e ainda esbanjar um corpo em forma neste verão? Às vezes, basta ter criatividade na elaboração de certos pratos para que possamos inserir os alimentos termogênicos em nossa alimentação.

Além de propiciar a perda da gordura, estes alimentos contribuem para o ganho muscular e para o desempenho do exercício de alta intensidade. As substâncias termogênicas contidas em certos alimentos têm a capacidade de aumentar a temperatura corporal, acelerando o metabolismo e possibilitando a queima de gordura.

Mas Atenção! Fique ligado! Na hora de perder peso, nem tudo é tão fácil assim. Para obter um bom resultado, é indispensável que o consumo dos termogênicos esteja aliado a uma dieta e à prática de atividade física.

📌 Como as substâncias agem no organismo

As substâncias termogênicas que encontramos em certos alimentos agem no aumento da temperatura corporal e, com isso, aceleram o metabolismo e aumentam a queima de lipídios. Isto ocorre, pois a termogênese é um processo regulado pelo sistema nervoso e interferências neste sistema podem ajudar no controle do emagrecimento e obesidade.

📌 Benefícios dos alimentos termogênicos para saúde

Além de facilitarem o emagrecimento quando aliado ao exercício físico, as substâncias podem contribuir para o ganho da massa muscular. Os resultados foram obtidos através de estudos com homens sedentários, a partir de um programa de exercício frequente por 10 semanas. Algumas mulheres com excesso de peso também foram submetidas às atividades físicas no mesmo período e também obtiveram um aumento de massa muscular. E, para quem curte a prática do exercício físico e costuma inseri-lo na rotina, os trangênicos podem melhorar a resistência muscular.

📌 Fique atento às restrições

Apesar dos alimentos termogênicos naturais apresentarem vários benefícios à saúde, também há certas restrições. As pessoas com hipertireoidismo não devem ingeri-los, visto que o metabolismo já está muito elevado, o que pode aumentar o risco da perda de massa muscular. A dica também é válida para crianças e gestantes, pessoas com cardiopatias, hipertensão, enxaqueca, úlcera e alergias, que devem consumir os alimentos com mais cautela. Os termogênicos podem causar aumento da pressão arterial, hipoglicemia, insônia, nervosismo e taquicardia.

📌 Veja uma lista com alguns alimentos termogênicos

Canela: ela também aumenta o metabolismo basal e possui alto teor de cálcio mineral, substância importante para o emagrecimento. Adicione canela em frutas, no leite ou consumir na forma de chá.
Gengibre: essa raiz pode aumentar o gasto calórico em mais de 10%. Ele pode ser consumido de diversas formas, cru, em marinadas para temperar carnes, aves e peixes, e ainda fica ótimo em molho de tomate, sopas de legumes, sucos e chás, quando misturado com outras ervas.
Pimenta vermelha: esse tipo específico de pimenta é rico em capsaicina, substância que favorece o aumento da quebra de gorduras no tecido adiposo. Ela aumenta em até 20% a atividade metabólica se ingerida na quantidade de três gramas por dia. Pode ser usada no tempero de carnes, sopas e cozidos.
Óleo de coco: é rico em gorduras saturadas, do tipo triglicerídeos de cadeia média (TCM), que são mais facilmente digeridos, absorvidos e transformados em energia, auxiliando, assim, no emagrecimento. O óleo de coco também é rico em ácido láurico, que auxilia na promoção da saúde cardiovascular e fortalece o sistema imunológico. Além disso, é altamente resistente ao ranço oxidativo, tornando-o um antioxidante natural.
Vinagre de maçã: a acidez do vinagre de maçã parece ter efeito semelhante ao da pimenta, quando consumido 1 a 1 ½ colher de chá de vinagre de maçã duas vezes ao dia, possui efeito termogênico. Também traz benefícios na diminuição da circunferência abdominal. Utilize para temperar carnes e saladas.
Alimentos com ômega 3: o ômega 3 é encontrado em peixes – como salmão e atum – e em oleaginosas. Ele aumenta o metabolismo basal, melhora a retenção de líquidos e facilita a comunicação entre as células do organismo.
Água gelada: a água gelada também está na lista. Pesquisas mostraram que, ao ingeri-la, seu organismo gasta energia para elevar a temperatura até considerada adequada pelo corpo (algo entre 36º e 37ºC). Contudo, o efeito é muito leve. Para melhores resultados, beba oito copos de água por dia, pois essa medida pode aumentar seu gasto calórico em até 200kcal.
Chá verde: cinco xícaras de chá por dia durante três meses podem resultar em um resultado muito bom na balança. Para quem tem problemas com insônia, deve-se ingerir o chá verde na parte da tarde ou noite.
Chá de hibisco: tome um litro por dia, sendo que, para um litro de água, deve-se usar uma colher de sopa da flor.
Cafeína: esta é uma substância vegetal estimulante, capaz de atravessar a barreira do nosso cérebro e promover diversos benefícios, como o aumento da disposição e energia, diminuição da fadiga, melhora da performance esportiva, além do efeito termogênico.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *